terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Saiba o que é: ANORGASMIA


A anorgasmia é a inibição recorrente e persistente do orgasmo, manifestada pela sua ausência após um período de excitação normal, e produzida através de uma estimulação que possa considerar-se adequada em intensidade, duração e tipo. A pressa, o excesso de responsabilidade ou a monotonia no casal podem levar a uma mulher não desfrutar plenamente da sua sexualidade. No entanto, a situação pode resolver-se de forma fácil, simplesmente com maior informação e dedicando mais tempo às relações íntimas.

Instruções
1. Como o seu nome indica é a ausência do orgasmo. Existem dois tipos de anorgasmia.
Primária: quando uma mulher nunca teve um orgasmo, 10% das mulheres.
Secundária: a partir de um momento específico não é possível experimentar o orgasmo.

2. Às vezes as causas são físicas como o vaginismo, os músculos da vagina contraem-se involuntariamente e impedem a penetração. Endometriose, hemorroidas anormalidade no fluxo sanguíneo na vagina, dano físico em qualquer órgão genital, desiquilíbrio hormonal e uso de muitos medicamentos.

3. Causas psicológicas como a monotonia e rotina nas relações sexuais, falta de estimulação por parte do parceiro, alteração do sistema nervoso, uma experiência anterior traumática ou medo de engravidar, desconfiar do método contraceptivo que pode começar a afetar a qualidade da relação sexual.

4. Informe-se. A falta de informação pode fazer com que sofra estas situações. Uma vida sexual sem prazer pode originar problemas de todo o tipo com o seu parceiro. Coloque remédio antes que isso ocorra.

5. As mulheres com anorgasmia costumam acabar tendo falta de desejo e isso é muito mais difícil de tratar.

6. Se a anorgasmia for crônica ou se é incapaz de superá-la, é conveniente que recorra a algum especialista neste tema. Nos gabinetes de sexologia encontrará psicólogos especializados no tema da sexualidade e os seus transtornos.

Conselho:
Consulte um médico ou um sexólogo se sofrer de falta de apetite sexual, cuidado porque se não o fizer a tempo pode aparecer a anorgasmia
 
Fonte: Clube Erótika

Nenhum comentário:

Postar um comentário