sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

10 Grande Mitos Sobre Sexo na Gravidez



A gravidez é um dos fenômenos mais estudados por cientistas e médicos e, ao mesmo tempo, menos conhecido por parte do grande público. Quando o assunto é gravidez, os conselhos médicos se misturam às crenças populares, resultando em uma verdadeira sala de ideias onde é difícil diferenciar as boas das ruins. O sexo na gravidez é uma categoria à parte. Existe muita informação errada circulando por aí. Conheça agora os 10 grandes mitos sobre sexo na gravidez e descubra se há um fundo de verdade neles.

Mito 1: Grávidas não podem fazer sexo por correr o risco de abortar

A gravidez é um estado delicado da mulher e, por isso, muitas atividades não costumam ser recomendadas durante esse período. No entanto, o sexo não é uma delas e muitas mulheres podem continuar fazendo sexo na gravidez até que a bolsa estoure. Entretanto, pode haver outros impedimentos que sejam desenvolvidos ao longo da gravidez. Se sua gravidez é de risco ou há outro problema, seu médico vai te orientar.

Mito 2: A grávida não tem libido

Em parte, isso é verdade para algumas mulheres. O corpo da mulher passa por uma série de mudanças hormonais que podem impactar negativamente o apetite sexual, especialmente durante o primeiro trimestre. Entretanto, isso não é verdade para todas as mulheres e algumas grávidas chegam a viver um aumento na libido.

Mito 3: Sexo na gravidez é desconfortável

Nem sempre. Na verdade, muitas mulheres falam que o sexo é mais prazeroso durante a gravidez. Isso acontece porque há um fluxo sanguíneo maior na região pélvica da mulher, o que aumenta o efeito das sensações sexuais. Algumas mulheres podem não gostar, até porque sentem outros tipos de dores, como dor nos seios. Entretanto, isso certamente não é verdade para todas.

Algumas posições:


Mito 4: O homem não deve fazer sexo oral na mulher grávida

Existe três situações em que este mito é verdadeiro. Primeiro, se seu parceiro tiver herpes, o sexo oral deve ser evitado. Segundo, durante o terceiro semestre, você deve evitar o sexo oral se seu parceiro já tiver tido herpes, independentemente de ele apresentar os sintomas ou não. Nestes dois casos, os riscos de contaminação são reais. O terceiro caso é possível, mas é bem mais raro de acontecer. Se o homem soprar ar para dentro da vagina, ele causará embolia amniótica, uma situação grave onde o bebê corre risco de vida. Fora estes casos, o sexo oral está liberado.

Mito 5: Grávidas não devem fazer sexo anal

O sexo anal está liberado. Entretanto, hemorroidas são comuns nas grávidas e o sexo anal pode piorar o problema. Nesse caso, não faça. O sexo anal também está contraindicado se sua placenta cobrir todo o cérvix (seu médico saberá orientá-la). Por fim, grávida ou não, o pênis que penetrou o ânus nunca pode, logo em seguida, penetrar a vagina.

Mito 6: Grávidas não podem ingerir o sêmen
Ingerir sêmen não faz mal, a menos que seu parceiro tenha alguma DST. Nesse caso, é ruim também para as mulheres que não estão grávidas!

Mito .7: Sexo no terceiro trimestre está proibido

Se sua gravidez é saudável, não há problemas. Talvez você sofra cansaços e seja mais difícil encontrar uma posição confortável. O sexo nesse período está proibido se você apresentar algum problema. Seu médico dará a orientação necessária.

Mito 8: Vibrador na gravidez, nem pensar!

Novamente, se sua gravidez for saudável, o vibrador está liberado. Se você corre o risco de um parto prematuro, então é melhor conversar com seu médico.

Mito 9: Sexo na gravidez machuca o bebê

O seu bebê está num dos locais mais seguros possíveis. Há o líquido amniótico, a placenta (que ajuda a proteger contra infecções) e os músculos do seu corpo. Vocês não vão machucar o bebê.

Mito 10: Nada de lubrificantes no sexo na gravidez

Os lubrificantes são perfeitamente seguros de serem usados na gravidez. Se estiver usando camisinha, utilize lubrificantes à base de água, já que os à base de óleo danificam-na. No entanto, por causa do fluxo sanguíneo intensificado na região pélvica (ver mito 2), muitas grávidas produzem o lubrificante natural em abundância e o lubrificante de farmácia é desnecessário.

Se você está grávida, deve curtir esse momento de forma plena, incluindo o sexo. No entanto, lembre-se de sempre pedir e seguir as orientações médicas para que sua gravidez seja o  mais tranquila possível.

Gostou das dicas? Sua mulher está gravida? Agora você pode fazer sexo sem dor na consciência!!!

Continue lendo outros textos no nosso blog!

Fonte: http://irresistivel.com.br/10-grande-mitos-sobre-sexo-na-gravidez/


Nenhum comentário:

Postar um comentário